Como destacar o repertório sociocultural na sua redação


Muitos alunos reclamam que usam repertórios socioculturais (outra área do conhecimento) em seus textos, porém os corretores não percebem. Esse grave problema pode acontecer por três fatores: 1. Você está usando um repertório não válido; ou 2. O seu repertório não é pertinente; ou 3. A sua outra área do conhecimento não é produtiva. Certamente, existem mecanismos que podem ser usados para fugir desse problema. Veja, a seguir, dicas que te ajudarão a deixar mais evidente o seu repertório. Como validar seu repertório Você pode usar algumas alternativas para validar o seu repertório sociocultural. Uma importante dica é destacar a área do conhecimento que você está usando, isto é, evidenciar o nome da área. Veja um exemplo: De acordo com a obra cinematográfica espanhola ''O Poço'', observa-se na sociedade uma persistência do egocentrismo, sobretudo no que tange a divisão de riquezas... Como mostrar para o meu corretor que seu repertório é pertinente Um repertório pertinente ao tema que dizer que ele tem relação com o tema, ou seja, o aluno não colocou em seu texto qualquer filme, pensamento sociológico ou filosófico sem fazer ponderações importantes. Por exemplo: Imagine que o tema do Enem 2020 é: ''Desafios para o combate das queimadas no Brasil'', mas um aluno usou o livro ''1984'', de George Orwell, em seu texto sem fazer qualquer relação entre essa área do conhecimento (literatura) com o fato de que o combate das queimadas seja um obstáculo. Evidentemente, o repertório não será pertinente, tampouco válido e produtivo. E falando em produtividade, esse é a nossa próxima dica. Como ter um repertório produtivo Ter um repertório produtivo é mostrar para o corretor que sua outra área do conhecimento se aplica ao tema. Isso tem relação com o que falamos na dica anterior. Nessa perspectiva, escolha livros, filmes, fatos do cotidiano, filmes, música ou pensadores que se aplicam à proposta de redação em questão. Alguns alunos gostam de usar repertórios ''coringas'', que, teoricamente, dão para usar em qualquer tema. Entretanto, tenha cuidado: não deixe de aprender coisas novas para ficar preso em apenas um repertório. Uma dica é estudar por eixos temáticos, como saúde, tecnologia, política, cultura, social e entre outros. Ao fazer isso, você estará armazenando muito mais informações sem gastar muita energia para decorar teorias, contexto histórico ou filmes. Em suma, tente usar repertórios que se apliquem ao tema, sem forçar a barra. Tente, além disso, evidenciar a área do conhecimento que está usando, com datas, ou nacionalidade, ou contexto histórico da obra, etc.


Não se esqueça: o repertório sociocultural deve ser válido, pertinente e produtivo. Gostou das dicas? Em breve teremos mais!

0 visualização

REDES SOCIAIS

  • Facebook - Círculo Branco
  • Instagram - White Circle
  • Twitter - Círculo Branco
  • YouTube - Círculo Branco

Propostas de Redação © 2015 - 2020
Todos os direitos reservados. Teófilo Otoni, Minas Gerais, Brasil.